Reduzir fonteLetra tamanho normalAumentar fonte

Contacto

Horário:
De terça a sexta-feira 09h00 às 18h30
Segunda-feira e sábado das 09h30 às 13h00 e 15h00 às 18h30
Rua João da Costa nº16

2240-356 Ferreira do Zêzere

249360152

Eventos

Seg.Ter.Qua.Qui.Sex.Sáb.Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Aplicação Descubra Ferreira do Zêzere
turismo-do-centro

Notícias Biblioteca

45 anos do 25 de abril na Biblioteca

Continuar... 45 anos do 25 de abril na Biblioteca

Esta semana assinalamos no átrio da Biblioteca Municipal Dr. António Baião de Ferreira do Zêzere, a revolução de 25 de abril de 1974, com uma exposição documental em vários suportes e para várias classes etárias.

 

Na madrugada de 25 Abril de 1974, forças militares ocuparam pontos estratégicos em Lisboa e derrubaram a ditadura do Estado Novo, implantada também por militares em 1926.

Às primeiras horas da manhã, militares de vários ramos, ocuparam pontos estratégicos na capital portuguesa, com o objetivo de derrubar o regime do Estado Novo. Os sinais de código para dar o arranque das operações – canções de Paulo de Carvalho e Zeca Afonso – foram transmitidos através da rádio nas horas anteriores.

A zona dos ministérios, órgãos de comunicação e outros locais considerados sensíveis foram subjugados pelos militares sublevados.

A reação do regime foi lenta e ineficaz. O presidente do Conselho de Ministros, Marcelo Caetano, refugiou-se no Quartel do Carmo, de onde saiu sob escolta militar do capitão Salgueiro Maia, em direção ao exílio. Nas horas seguintes foi criada a Junta de Salvação Nacional.

In: http://ensina.rtp.pt/artigo/a-revolucao-de-25-de-abril-de-1974/

Dia Mundial do Livro e dos direitos de autor

Continuar... Dia Mundial do Livro e dos direitos de autor

O Dia Mundial do Livro é comemorado a 23 de Abril, por decisão tomada pela UNESCO em 1995.

Pretende-se, com esta comemoração mundial, promover o prazer da leitura e o respeito pelos livros e pelos seus autores.​

O Livro e a Leitura são essenciais para o desenvolvimento de uma literacia plena, compreendida aqui como a aptidão para apreender e compreender a informação escrita na vida corrente, com vista à conquista dos objetivos pessoais, que passam pelo alargamento dos conhecimentos e das capacidades de cada um. O Livro, conceito onde se incluem a literatura em geral e a promoção da leitura, é um dos maiores valores de um país. Muitos dos autores são reconhecidos nacional e internacionalmente, e dão rosto a uma cultura que se quer afirmativa, moderna e de qualidade.

Num século XXI global, o livro e a leitura são fatores determinantes para a criação de melhores níveis de literacia, para a promoção de uma leitura qualificada e competente, e para a transmissão de valores de autoestima, de cidadania e de aprendizagem ao longo da vida.

Se o livro no seu suporte mais comum pouco mudou nos últimos 500 anos, já as técnicas do seu fabrico, as estratégias da sua produção e comercialização, entre outros aspetos da designada «cadeia do livro», estão muito diferentes. E a leitura foi acompanhando esta mudança de suportes. Editor, tipografia, distribuidor, livraria e biblioteca são modelos que mudaram também, criando uma rede de intervenientes e atores poderosos chamados a participar nessa globalização que o livro pressupõe, e nesse elo indestrutível entre Autor e Leitor.

Esta data de 23 de Abril foi escolhida com base na tradição catalã segundo a qual, neste dia, os homens oferecem às suas «damas» uma rosa vermelha de S. Jorge e recebem em troca um livro, testemunho das aventuras do cavaleiro. Em simultâneo, é prestada homenagem à obra de grandes escritores falecidos neste dia, como William Shakespeare, Miguel Cervantes e Inca Garcilaso de la Vega.

Este ano, a DGLAB divulga novamente um dos seus cartazes mais icónicos do Dia Mundial do Livro. Da autoria do ilustrador Pierre Pratt, o cartaz cruza de forma notável os dois elementos que simbolizam este dia.

 

PIERRE PRATT

Nasceu no Quebeque (Canadá) em 1962.

Estudou Artes Gráficas no Canadá. Vive em Lisboa.

Tem trabalhado na área da ilustração para editoras canadianas, francesas, inglesas, americanas e portuguesas.

 

In: DGLAB

Crianças fizeram filmes de animação na Biblioteca

Continuar... Crianças fizeram filmes de animação na Biblioteca

Inserido na iniciativa "Páscoa na Biblioteca" a decorrer até ao dia 19 de abril na Biblioteca Municipal Dr. António Baião de Ferreira do Zêzere, realizou-se esta segunda-feira, uma oficina de artes criativas com a artista plástica Lucy Jackson.

Continuar... Crianças fizeram filmes de animação na Biblioteca

Catálogo da Rede de Bibliotecas de Ferreira do Zêzere

Continuar... Catálogo da Rede de Bibliotecas de Ferreira do Zêzere

Já conhece o catálogo da Rede de Bibliotecas de Ferreira do Zêzere na internet?

Veja regularmente as novidades que temos para si.

Pode consultar, reservar um documento e até sugerir uma aquisição.

 

https://catalogo.cm-ferreiradozezere.pt/

 

Exposição de Inácio Martins

Continuar... Exposição de Inácio Martins

Decorreu na Biblioteca Municipal Dr. António Baião de Ferreira do Zêzere a abertura da exposição de pintura e cerâmica de Inácio Rolo Martins, patente na sala polivalente durante o mês de abril.

Inácio Martins tem 77 anos, reside na Lourinhã mas tem fortes ligações familiares e afetivas ao concelho de Ferreira do Zêzere. Atualmente, reformado, frequenta a Academia Sénior da Lourinhã como aluno nas disciplinas de motricidade e cerâmica e como professor na disciplina de Pintura em acrílico.

Até ao dia 30 de abril poderá ver trabalhos de pintura em acrílico e óleo pintura com café e peças de cerâmica em barro vermelho e grês.

Os cookies ajudam ao correto funcionamento deste sítio. Política de privacidade .

Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a sua utilização.
Política de privacidade