Reduzir fonteLetra tamanho normalAumentar fonte

Processo de migração da rede TDT

Ferreira do Zêzere

O processo de migração, que abrange a área dos concelhos da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo teve início no dia 12 de março com a ressintonia do emissor de Trancão – Torres Novas.
Como é sabido, o processo foi suspenso, no dia 13 de março, por motivo de força maior devido aos constrangimentos associados à Covid-19, sendo que o mesmo será retomado, no que concerne a área dos concelhos da CIM Médio Tejo, no dia 21 de agosto com a ressintonia do emissor de Mação.

De 21 de agosto a 8 de setembro, serão ressintonizados todos os emissores instalados nos concelhos da CIM Médio Tejo, concluindo-se o processo com a ressintonia do emissor instalado em Alvaiázere, no dia 8 de setembro. Note-se que este emissor, embora instalado num local fora dos concelhos que compõem a CIM Médio Tejo, dá acesso ao serviço TDT à população do concelho de Ferreira do Zêzere e à zona Norte do concelho de Ourém. O mesmo acontece com o emissor de Bufão que dá acesso ao serviço TDT a parte da população do concelho de Abrantes, nomeadamente a zona Sul do concelho, que é ressintonizado no dia 3 de setembro.

Os trabalhos de ressintonia dos emissores têm início de manhã, entre as 9 e as 10 h da manhã, sendo que, enquanto decorrem os trabalhos de ressintonia (que demoram entre 4 a 6 horas), será colocado em funcionamento um emissor portátil, na frequência atual de funcionamento do emissor a ressintonizar, por forma a que a população continue a ter acesso ao serviço.
Quando os trabalhos de ressintonia do emissor terminarem, este emissor é ligado na nova frequência, e o emissor portátil é desligado.

Será neste momento que, para a população ter acesso ao serviço, terá de efetuar uma nova sintonia do televisor ou descodificador na nova frequência em que o emissor está a emitir.

Note-se que haverá um período de interrupção do serviço, muito curto (inferior a um minuto), quando se desligar o emissor a ressintonizar e colocar em funcionamento o emissor portátil. Contudo, como o emissor portátil irá emitir na frequência atual, a imagem voltará a aparecer na televisão sem que seja necessário efetuar qualquer operação.

Após os trabalhos de ressintonia e quando se desligar o emissor portátil, aí sim, terá que se proceder à sintonia dos recetores, pois as emissões de televisão passaram a efetuar-se numa nova frequência e é essa frequência que terá de ser sintonizada nos recetores.

O calendário de ressintonia dos emissores que afetam os concelhos da CIM Médio Tejo é o seguinte:

TABELA

LocalCanal AtualCanal FuturoData_Migracao
Trancão - Torres Novas563512-03-2020
Mação564321-08-2020
Vila de Rei564424-08-2020
Ourém563525-08-2020
Mira de Aire563526-08-2020
Fátima563531-08-2020
Abrantes563501-09-2020
Sertã564402-09-2020
Tomar563502-09-2020
Bufão564403-09-2020
Alvaiázere564308-09-2020

 

 

Para ajudar a população neste processo, a ANACOM criou uma linha telefónica de apoio gratuita (800 102 002), que funciona todos os dias entre 9h e as 22h, para dar informação e ajudar a fazer a sintonia dos televisores à distância. Caso as pessoas não consigam fazer a sintonia com o auxílio dos operadores da linha telefónica, nem com o auxílio de técnicos da ANACOM que formarão, por assim dizer, uma segunda linha de apoio mais técnico, então está prevista a possibilidade de as equipas no terreno da ANACOM, se deslocarem à residência destas pessoas, que precisam de um apoio mais direto, para procederem à ressintonia dos recetores.

Para divulgar esta informação junto das populações a ANACOM vai distribuir, em todas as casas e estabelecimentos comerciais, uma carta e um folheto explicativo sobre a migração da rede de TDT e a sintonia dos televisores.

Para ajudar a divulgar a informação e dar apoio às populações a ANACOM tem estabelecido protocolos com diversas entidades, que têm relações de proximidade com a população: ANAFRE, AMA, Câmaras Municipais; e tem estabelecidas parcerias com a GNR, a PSP, o Instituto da Segurança Social, o Patriarcado, a Liga Nacional dos Bombeiros e o Corpo Nacional Escutas
Neste contexto, e tendo em conta que as câmaras municipais e as juntas de freguesia são um importante parceiro de proximidade para as populações, é de extrema relevância que possam apoiar as populações neste processo, quer divulgando informação, quer apoiando as pessoas na sintonia dos equipamentos.

A ANACOM tem no seu sítio na internet o folheto explicativo em formato digital (https://online.fliphtml5.com/rchw/haqd/) e um vídeo que explica todo o processo (https://www.youtube.com/embed/9fESWKW1tig?rel=0&autoplay=1 ).

Eventos

Seg.Ter.Qua.Qui.Sex.Sáb.Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
a tejo ambiente
A minha rua

Os cookies ajudam ao correto funcionamento deste sítio. Política de privacidade .

Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a sua utilização.
Política de privacidade