Ópera "O último canto - Camões e o destino"

Ópera - o último canto - Camões e o destino

No próximo domingo, dia 19 de maio, às 21h00, no Cineteatro Ivone Silva, o Município de Ferreira do Zêzere assinala os 500 anos de Luís Vaz de Camões, com a ópera "O ÚLTIMO CANTO – CAMÕES E O DESTINO".

Produção: Musicamera

Entradas livres limitadas à capacidade da sala.

O ponto de partida para esta ópera foi a surpreendente descoberta de um texto do dramaturgo russo do século XVIII Vasily Zhukovsky com o título “Camões”, cuja trama dramática fornece o ambiente e o contexto perfeitos para uma criação de teatro musical. A cena descreve o encontro de um velho amigo de Camões, José de Quevedo Castelo Branco e do seu filho, Vasco Quevedo – por muitos considerado o herdeiro literário de Camões - com o poeta, que está já nos últimos anos da sua vida, esquecido e abandonado num asilo.

A música tem como ponto de partida os paradigmas composicionais e instrumentais do século XVI - a época de Camões -, evidentemente inseridos num contexto atual, recorrendo-se a um dispositivo musical / cénico de dimensão média – 3 vozes solistas, coro feminino e orquestra, um bailarino.

FICHA ARTÍSTICA

Composição e libreto: César Viana

Direcção Musical: Brian MacKay

Produção Executiva: Luís Pacheco Cunha

Encenação: Miguel Moreira

Desenho de luz: Anabela Gaspar

Figurinos / Adereços: Dino Alves

Luis Vaz de Camões (barítono) Luís Rodrigues

Francisco Quevedo (tenor) Mário Alves

Vasco Quevedo (soprano) Daniela Matos

Jau – F. Pedro Oliveira

ZezereArts Vocal Ensemble

Musicamerata Ensemble

Eventos

Seg.Ter.Qua.Qui.Sex.Sáb.Dom.

Os cookies ajudam ao correto funcionamento deste sítio. Política de privacidade .

Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a sua utilização.
Política de privacidade