Reduzir fonteLetra tamanho normalAumentar fonte

Apoios às Artes

Artes 2015

Estão abertos os programas de apoio às artes 2015 nas modalidades de apoio direto - pontual e apoio à internacionalização.


Abriram ontem, dia 13 de maio de 2015, os programas de apoio às artes, nas modalidades de Apoio Direto - Pontual e de Apoio à Internacionalização. Os montantes globais disponíveis são de 800 000,00 € (oitocentos mil euros) para o Apoio Pontual e de 386.000,00 € (trezentos e oitenta e seis mil euros) para o Apoio à Internacionalização, com um máximo de 45 candidaturas a apoiar em ambos os programas de apoio. No caso do Apoio Pontual, estão definidos 3 patamares financeiros: 7.500 € (para um nº máximo de 10 candidaturas a apoiar), 15.000 € (para um máximo de 15 candidaturas a apoiar) e 25.000 euros (para um máximo de 20 candidaturas a apoiar), sendo os montantes financeiros máximos disponíveis por patamar 75.000 €, 225.000 € e 500.000 € respetivamente.
Serão elegíveis projetos a realizar em todas as áreas artísticas tuteladas pela Direção-Geral das Artes: arquitetura, artes digitais, artes plásticas, cruzamentos disciplinares, dança, design, fotografia, música e teatro.
Os prazos de apresentação de candidaturas são o dia 9 de junho de 2015 (Apoio Pontual) e o dia 12 de junho de 2015 (Apoio à Internacionalização).
Os apoios a conceder no âmbito do Programa de Apoio à Internacionalização das Artes têm por objeto o desenvolvimento de projetos artísticos no estrangeiro por entidades de criação, entidades de programação, entidades mistas, grupos informais e pessoas singulares, de nacionalidade portuguesa ou não, com residência fiscal em Portugal continental e que aqui exerçam maioritariamente a sua atividade. Este ano, as prioridades estratégicas são: o contributo para a projeção internacional da cultura e das artes contemporâneas portuguesas, em particular para a difusão e reconhecimento alargado do trabalho autoral português; e a integração da dimensão da cooperação e do desenvolvimento sustentável, considerando que a União Europeia declarou 2015 Ano Europeu para o Desenvolvimento, sob o tema «O nosso mundo, a nossa dignidade, o nosso futuro» (cf. europa.eu/eyd2015/pt-pt), pela primeira vez consagrando um Ano Europeu à ação externa da UE e ao papel da Europa no mundo, com o objetivo de motivar mais europeus a implicar-se e a participar na concretização, prevista para 2015, dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio acordados em 2000.
Ao Apoio Pontual 2015 podem candidatar-se as entidades de criação, entidades de programação e entidades mistas sedeadas no território de Portugal continental. Podem ainda candidatar-se os grupos informais e as pessoas singulares com residência fiscal em Portugal continental e que aqui exerçam maioritariamente a sua atividade profissional. As prioridades estratégicas na apreciação dos projetos Pontuais 2015 são: a circulação nacional que contemple apresentação de atividades públicas em mais do que uma região do país; e o contributo para a promoção da dignidade e igualdade de direitos das pessoas de ascendência africana, denunciando e combatendo o racismo, a discriminação, a xenofobia e a intolerância, considerando que, pela Resolução n.º 68/237 de 23 de dezembro de 2013, a Assembleia Geral das Nações Unidas proclamou a Década Internacional dos Afrodescendentes, com início em 1 de janeiro de 2015 e fim em 31 de dezembro de 2024, com o tema: "Afrodescendentes: reconhecimento, justiça e desenvolvimento".
Os interessados em apresentar a sua candidatura a estes programas deverão consultar as informações sobre os respetivos regulamentos e processos de candidatura em www.dgartes.gov.pt e informar-se sobre as especificidades de cada uma das modalidades de apoio existentes, bem como sobre os requisitos de admissão para o modelo de apoio a que se pretende candidatar. Destaca-se a importância dos "Manuais do Candidato", documentos fundamentais para apoiar os candidatos no processo de instrução de candidaturas. Estes manuais disponibilizam os anúncios de abertura dos programas de apoio, a quem se destinam, os montantes financeiros disponíveis, o número máximo de candidaturas a apoiar, a forma de apresentação de candidaturas e prazos limite de submissão, critérios de apreciação, objetivos, prioridades estratégicas, entre outras informações úteis, incluindo instruções relativas ao funcionamento da Plataforma de Gestão Eletrónica de Apoios da Direção-Geral das Artes, a qual permite efetuar (ou atualizar) o e-registo e aceder, preencher e submeter os formulários de candidatura.
Para além dos "Manuais do Candidato", a Direção-Geral das Artes disponibiliza ainda um conjunto de Perguntas Frequentes onde se incluem esclarecimentos de algumas dúvidas já partilhadas em programas de apoio anteriores, bem como uma linha de atendimento telefónico (+351 210 102 540 - dias úteis, das 14h00 às 17h00) e de esclarecimento de dúvidas por escrito, através do endereço de e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

MAIS INFORMAÇÕES
www.dgartes.gov.pt

Eventos

Seg.Ter.Qua.Qui.Sex.Sáb.Dom.
1
Data : segunda, 1 de julho
2
Data : terça, 2 de julho
3
Data : quarta, 3 de julho
4
Data : quinta, 4 de julho
7
8
Data : segunda, 8 de julho
9
Data : terça, 9 de julho
10
Data : quarta, 10 de julho
11
Data : quinta, 11 de julho
15
Data : segunda, 15 de julho
16
Data : terça, 16 de julho
Aplicação Descubra Ferreira do Zêzere
Medio Tejo 21

Os cookies ajudam ao correto funcionamento deste sítio. Política de privacidade .

Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a sua utilização.
Política de privacidade